tratamento ciúme patológico em Salvador

Ciúme: Você é uma pessoa ciumenta?

O ciúme é um conjunto de emoções que evidenciam a insegurança. Em outras palavras, é um sentimento que tem a função de explicitar ameaças reais ou imaginárias à estabilidade e/ou qualidade do relacionamento. Em alguns casos, ele pode representar uma linha ténue na distinção entre atos normais e patológicos.
bullying, psicólogo em Salvador, tratamento, Elidio Almeida

Bullying: Brincadeira sem limites

Bullying é um termo inglês é utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica praticados por uma pessoa ou grupos, com o objetivo de intimidar ou agredir outras pessoas ou grupos minoritários incapazes de se defender. Por isso, é importante conhecer mais sobre esse fenômeno e suas variabilidades.
O medo de dirigir afeta várias pessoas. Muitas delas não procuram tratamento e acabam por levar uma vida de dependência e privações. Assim sendo, sempre dependem de alguém para conduzi-las em automóveis. Parte desse grupo, inclusive, pode até deixar de fazer algo importante em função do medo de dirigir. Nesses casos, é importante saber diferenciar o medo de dirigir da fobia de dirigir.

Medo de Dirigir

O medo de dirigir afeta várias pessoas. Muitas delas não procuram tratamento e acabam por levar uma vida de dependência e privações. Assim sendo, sempre dependem de alguém para conduzi-las em automóveis. Parte desse grupo, inclusive, pode até deixar de fazer algo importante em função do medo de dirigir. Nesses casos, é importante saber diferenciar o medo de dirigir da fobia de dirigir.
psicologo em Salvador, Elídio Almeida, psicoterapia comportamental

Behaviorismo Radical, por quê?

A expressão Behaviorismo Radical,, significa, literalmente “raiz do comportamento”. Assim sendo, a palavra radical, neste contexto, não está associada a radicalismo, significando extremismo, agressividade ou punição, como muitos poderiam pensar.

Você sabe dizer NÃO?

Muitas pessoas encontram dificuldade para expressar suas vontades, posicionar-se diante de alguma questão e, principalmente, dizer não à maioria das situações. Pessoas assim são inassertivas. Isto é, vivem cheias de inibições, frequentemente cedem às vontades alheias ou guardam seus desejos dentro de si. Além disso, costumam negar suas próprias vontades em detrimento da vontade dos outros.
psicologo em Salvador, Elídio Almeida, tratamento toc transtorno obsessivo-compulsivo, psicoterapia comportamental

Transtorno Obsessivo-Compulsivo – TOC

A pessoa com TOC fica presa a um círculo vicioso. Em primeiro lugar, isso ocorre, pois, tudo aquilo que faz para tentar obter alívio, por meio das compulsões, na verdade mantém e intensifica o problema. Ou seja, na prática, as obsessões (pensamentos) deflagram as compulsões que, consequentemente, ao serem praticadas, reforçam ainda mais os pensamentos obsessivos. Isto significa que quanto mais rituais a pessoa realizar para sentir-se melhor, mais ela se tornará dependente das obsessões. Nesse sentido, torna-se refém do próprio pensamento e dos rituais.
Agende sua consulta