cefaleia orgastica psicologo em salvador Elidio Almeida Terapia de Casal

Cefaléia orgástica e as comunicações do corpo

A cefaléia orgânica é um fenômeno não muito frequente. Em consequência disso, ela é pouco conhecida pela população. A principal característica deste transtorno é o acometimento de uma forte dor de cabeça logo após o ato sexual. Por outro lado, muitos casais convivem com um tipo de dor de cabeça diferente, aquela que ocorre ou é comunicada antes da prática sexual. Por se tratarem de temas correlatos ao contexto em que ocorrem, é importante conhecer as peculiaridades de cada fenômeno e os possíveis tratamentos.
regime semi aberto, psicólogo em Salvador, Terapia de Casal em Salvador, Elídio Almeida, relacionamentos amorosos

O regime semiaberto e os relacionamentos

Para muitas pessoas, o argumento de uma possível transição dá sentido à manutenção de relacionamentos paralelos. Todavia, frequentemente, nota-se que essa narrativa não se traduz nas prometidas atitudes transitórias. Isso leva a grandes desgastes e acarreta sofrimento a todos os envolvidos. 
amar é sofrer, relacionamento tóxico, psicólogo em Salvador, Elídio Almeida, terapia de casa em Salvador

Amar é sofrer? A lógica da música sobre os relacionamentos

os relacionamentos retratados na maior parte dessas canções, referem-se à vida a dois como sinônimo de sofrimento. Desse modo, muitas pessoas têm sua vida sentimental construída a partir da falsa lógica que impera nas paradas do sucesso musical. Ou seja, amar é sofrer. Isso deve ser questionado e mudado.
dedo podre, terapia de casal em salvador, Relacionamentos, Elídio Almeida

Dedo podre e a repetição dos fracassos nos relacionamentos

Algumas pessoas queixam-se de serem "dedo podre" para encontrar alguém para construir um relacionamento. Na verdade essas pessoas precisam valorizar mais os aprendizados das relações passadas.
terapia de casal em Salvador, Psicólogo em Salvador, Elídio Almeida, namoro, ciúmes, traição.

Todo namoro foi feito para acabar?

Em geral, o estilo da música-sofrência propaga a ideia de que terminar um relacionamento é admissível, desde de que esteja acompanhado de algum sofrimento. Contudo, é importante refletir e questionar sobre essa lógica, bem como compreender que o namoro foi feito para acabar, seja ao evidenciar a incompatibilidade entre os pares ou para evoluir rumo a outros estágios mais robustos da relação.
término do relacionamento, psicólogo em Salvador, terapia de Casal em Salvador, Elídio Almeida

Término do relacionamento pela perspectiva dos outros

Algumas pessoas não entendem ou aceitam o desfecho da relação e tentam encontrar uma lógica ou construir uma narrativa que dê algum sentido à separação. Tal estratégia, quando bem aplicada, pode ser relevante. No entanto, muitos erram nessa investida, pois analisam o término da relação pela ótica e pela história de terceiros. 
Agende sua consulta